Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

Comentários sobre política brasileira e outros temas polêmicos

8 de maio de 2017

Quarta-feira haverá um novo Fla x Flu: Sérgio Moro e Lula se enfrentarão em audiência

Há uma enorme expectativa sobre a audiência da próxima quarta-feira em Curitiba, na qual o ex-presidente Lula estará frente a frente com o juiz Sérgio Moro, da Operação Lava-Jato, quando o petista terá que dar explicações sobre o uso de dinheiro proveniente de propinas nas obras do tríplex de Guarujá e do sitio em Atibaia, cuja propriedade é atribuída a ele, que sempre nega. A audiência estava marcada para o último dia 3, mas foi adiada para o dia 10 a pedido das autoridades policiais do Paraná porque grupos de apoio a Lula e à Lava-Jato estavam se mobilizando para promoverem manifestações nas proximidades da Justiça Federal, com possibilidade de confrontos entre os dois grupos. Uma coisa já está definida. Nenhuma pessoa poderá chegar a menos de 150 metros do local, e a Polícia Federal e a Polícia Militar agirão com rigor para garantir a segurança de Lula, de Sérgio Moro, dos funcionários e do próprio povo. Também todas as atividades na sede da Justiça Federal em Curitiba estarão suspensas durante a audiência, e só terá acesso quem tiver algum tipo de participação no evento. Num vídeo postado na Internet, Sérgio Moto solicitou às pessoas que apoiam a Lava-Jato que não compareçam ao local, pois se trata de um ato de rotina, evitando-se a possibilidade de algum tipo de confronto;

A cúpula do PT está querendo transformar a audiência num ato político, mas há entre os petistas o receio de que Lula em algum momento agrida verbalmente o magistrado e acabe recebendo voz de prisão por desacato à autoridade. Por sua vez, Sérgio Moro terá que ser rápido em prolatar sua sentença e que numa segunda instância ela seja confirmada, tornando Lula inelegível, pois se isso não acontecer a prisão do líder petista poderá se transformar em milhões de votos em 2018. No mais, Lula, como é normal com você, continue sempre negando as acusações e chamando todos os acusadores de mentirosos, mas fique atento. Aqueles lhe acusam através de delações certamente estão à procura de redução de suas penas. Além de empresários de capacidade administrativa reconhecida, são assessorados por advogados muito bem pagos por causa de seus conhecimentos jurídicos, e devem ter orientado seus clientes sobre de foto de que mentir em delação premiada ao invés de redução de penas provoca, isto sim, o aumento delas. E isso com certeza não consta dos planos de nenhum deles. Portanto, Lula, tenha muita calma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia do Blog sem deixar seu comentário